Mais uma vez…
Eu me enfraqueço e me entrego pra você
Mais uma vez…
Você apronta e vem correndo me pedir perdão
Mais uma vez…
Eu não consigo me afastar e ficar sem você
Mais uma vez…
Quase perdi meu pobre coração
Mais uma vez…
Faço de tudo pra entender seu modo de agir
Me faz sofrer só por prazer, não sei porque me malta assim
Mais uma vez…
Não sei sorri por me sentir assim tão só
Mais uma vez…
Você se vai e seja bem pra mim
Se eu tento fugir diz que me adora
Não me deixa sair, não vou embora
Então fico a sorri, mas não demora
Aqui no coração a solidão
E logo vem pra mim
É sempre assim
Até que um dia eu possa me redimir
Só que nessa paixão
Me dominar de vez essa
Essa ilusão do coração

Voltar ao Topo